Morada

sexta-feira, novembro 07, 2014

Diante a todos os acontecimentos e experiências vividas, nada tira da minha cabeça que temos uma hora marcada pra vir ao mundo e outra pra deixa-lo. É como se tudo o que estamos vivendo, nada mais é, do que o caminho de volta para a casa.


Durante esse percurso conhecemos pessoas, algumas que entram na nossa vida apenas para nos deixar algum tipo de aprendizado, causando dor, que futuramente servirá como fonte de força. Já outras nos mostram o significado do amor, da solidariedade e da compaixão.

Tudo o que você fizer e plantar, aqui na terra, será colhido ao chegar em casa. É como se ganhássemos um tijolinho a cada boa ação e em seguida o perdêssemos por um mal feito... Quando você chegar lá em cima, verá se a quantidade de tijolos que arrecadou aqui na terra, será suficiente para construir sua morada.

Por isso, faça o bem sem olhar a quem, não faça pra falar, faça por fazer, faça por solidariedade e amor ao próximo, e ao chegar em casa verás que nada foi em vão.

Leia também

2 comentários